quarta-feira, 10 de maio de 2017

Boemia


Resultado de imagem para boemia

A partida  -XXXVI -

Boemia 
Seus versos

Como se fora uma dança
Dos alforjes da minha alma
Tudo que agora se espalma
Afora tantas mudanças
 Lembranças, lembranças tantas
Em  tempos de boemia
Seus versos, quanta mestria
Inda se ouvem os ecos
Que florescem pelos becos
No anoitecer dos meus dias

Autor
Carlos Marcos Faustino

10/05/2017 – quarta-feira – 14h23

2 comentários:

  1. Elizabete Aparecida Lopes de Arruda
    Como sempre.... muito linda!
    10 de maio de 2017 às 18:03

    Tania Maria Gimenes Brochini
    Tania Maria Gimenes Brochini Linda!, continuação?
    10 de maio de 2017 às 21:03

    ResponderExcluir
  2. Christina Castello Branco Augusto
    Parabéns!!
    16 de maio de 2017 às 16:55

    ResponderExcluir

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.