domingo, 5 de março de 2017

Silencie

Resultado de imagem para saudades
Silencie

Silencie
Neste teu silencio deito melodias
Pra acalmar este tempestuoso mar
Que eclode dentro do meu peito e me angustia:
Maus momentos

Silencie
Esta mágoa pela tua falta agora desenho
Mergulhado em emoções que se afloram
Em meus olhos não são apenas lagrimas que rolam:
São sentimentos

Silencie
Este meu sorriso encantoado que trago
É apenas um disfarce da tristeza que contenho
E te esperando que venha a mim a cada dia
Vou transformando toda a minha saudade em poesia:
Meus lamentos


Autor
Carlos Marcos Faustino

05/03/2017 – domingo – 20:46

2 comentários:

  1. Rosa Paula Gomes
    Linda linda....É nova essa?
    05 de março de 2017 à 23:48

    ResponderExcluir
  2. Danusa Almeida
    Belo poema!
    6 de março de 2017 às 10:45

    ResponderExcluir

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.