sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

V(Idas) e Vindas

Resultado de imagem para vidas e vindas

V(idas) e  Vindas

Neste mundo estou indo
Nas idas e vindas dos dias
Cercado por suas magias
Das horas que estou dormindo
Nos rumos que vou seguindo
Vivo, morto, ou sonolento
De janeiros a dezembros
“um broto que desfalece”
No solo seu semen desce
E Morre ao chegar seu tempo

E mesmo estando morrendo
É vida que em mim habita
Uma fé que não necessita
Buscar outros elementos
Pra provar que vou vivendo
Mesmo  que o corpo se acabe
A minha alma já sabe
Que estarei sempre vivo
 Mesmo em momentos que sigo
Caminhos na eternidade.

Autor
Carlos Marcos Faustino

10/02/2017- sexta-feira -  11h44

6 comentários:

  1. Christina Castello Branco Augusto
    Parabéns!!!! É linda👏🏻👏🏻👏🏻
    Em 10 de fevereiro de 2017 às 13:13

    ResponderExcluir
  2. Rosa Paula Gomes
    Amei muito linda. É o trem da vida
    10 de fevereiro de 2017 às 14:04

    ResponderExcluir
  3. Rosa Paula Gomes
    Nesse trem da vida em idas e vindas um dia temos q descer em alguma estação
    Em 10 de fevereiro de 2017 às 17:40

    ResponderExcluir
  4. Maria Célia Fernandes
    Parabéns! Adorei
    Em 10 de fevereiro de 2017 às 22:04

    ResponderExcluir

  5. Eloisa Helena Porto
    Poesia linda, linda. Parabéns!
    11 de fevereiro de 2017

    ResponderExcluir

  6. Roseli Lopes
    Linda poesia!
    11 de fevereiro de 2017 às 15:18

    ResponderExcluir

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.