sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Palcos da vida

Resultado de imagem para palcos da vida


Palcos da vida

Eu nos palcos desta vida
Já percorri muito chão
Mas como sou quase artista
Faço tudo com paixão


Fui até um Joao medroso
Irmão do famoso Lampiao
Já fui Guardião vistoso
Forte, valente , durão;

Já fui tudo que eu podia
Na minha imaginação
Já fui vento, poesia
Muitos pingos de emoção

Já andei noites inteiras
Nas asas de sonhos bons
Desta vida passageira
Faço tudo uma canção

Pra quando chegar o tempo
De findar a sinfonia
De todos os meus setembros
Vai ter uma melodia

E quem quiser me encontrar
Quiser me ter novamente
Vai poder me ter presente
Só na minha biografia

Autor
Carlos Marcos Faustino
20/02/2016  – sexta-feira – 14h50


3 comentários:

  1. Tania Maria Gimenes Brochini
    Muito bom, adorei

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelos expressivos versos. Uma construção poética de encantadores versos. Francis Perot

    ResponderExcluir

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.