terça-feira, 18 de agosto de 2015

Sereia


Nenhum texto alternativo automático disponível.


Sereia

Deságua em meu mar tuas águas
Semeia em meu céu  estrelas
Vem nos braços de tuas ondas
Escrever versos na areia.

Afaga-me em tuas madeixas
Traga-me às faces o riso
Leva de mim as queixas
 Dança comigo a cantiga
Sussurradas numa brisa



Autor
Carlos Marcos Faustino
19/08/2015- quinta – feira -00h36


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.