terça-feira, 18 de agosto de 2015

Sereia




Sereia

Deságua neste mar as tuas águas
Semeia neste céu tuas estrelas
E vem abraçada pelas ondas
Escrever teus versos na areia.

Afaga-me envolto em tuas madeixas
Traga-me o riso, leva-me as queixas
Depois dancemos a mais bela cantiga
Embalados nos sussurros duma brisa



Autor
Carlos Marcos Faustino
19/08/2015- quinta – feira -00h36


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.