domingo, 24 de maio de 2015

Faces do adeus


Faces do adeus

Um gesto, uma palavra um olhar
Uma forma fria no falar
Uma desculpa escondida
Uma ausência comprida
Faces de adeus
Lagrimas rolam pelos olhos meus


O coração não entende
Ao que a razão te obriga
O sangue pulsa  mais quente
A paz não mais te habita
São provas meu Deus
Essas faces do  adeus

A solidão já te acena
A dor da saudade já se apossa da cena
Em teu ser se apaga a chama
Ninguém mais te quer
 Ninguém mais te ama
 A ilusão em ti feneceu
 Tudo isso são provas meu Deus
Essas faces do Adeus!


autor
Carlos Marcos Faustino
24/05/2015- Domingo 21h33



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.