sábado, 4 de abril de 2015

Recomeço


Recomeço

Não importa onde eu esteja
A noite vai chegar
E eu vou querer deitar minha cabeça
Adormecer
E renascer com o nascer  do sol.

A noite é escura. É solitária!
Vem um frio, invade, E se não adormeço ,
Não tenho a chance do recomeço

Pode ate ser uma viagem sem volta
Não importa
Cada dia é único por si só
Todo dia pode ser dia de partida
Todo momento pode ser de despedida

O que realmente nos pertence
É só o presente
O resto ainda tem uma chance, uma oportunidade
Virar  apenas  saudade

Autor
Carlos Marcos Faustino

04/04/2015- Sábado- 16h38

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.