domingo, 1 de fevereiro de 2015

De volta pra casa



De volta pra casa

Bebi de um só gole
Meio a meio
Alegria, tristeza
E um não sei o que de medo

O tempo fluía
Nas mãos o presente
Pelos vãos dos dedos
Voava feito pássaros
Cedo ao deixar os ninhos

Tropecei nos caminhos
Ajuntei tanta coisa na bagagem
Que no final desta viagem
Vi que são puras bobagens

Tanta coisa e depois
Ficar sozinho
Tal qual na chegada
Inda que mãos abençoadas
Deram-me amor

Que seja uma passagem doce
Almas gentis, braços abertos
Meu pai, minha mãe por perto
E uma chegada como se fosse
A triunfal volta pra casa.

Autor
Carlos Marcos Faustino
01/02/2015- Domingo – 20h48






Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.