quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Tuas janelas



Tuas janelas

Nas tuas janelas passam cores
Passam carros e seus amores
Passa gente num vai e vem diferente
Passam até discos voadores

Nas tuas janelas passam abelhas,
Formigas carregando flores,
Passam formas pensamentos
Passam momentos
E quando vem areia nos braços do vento
Fechas tuas janelas, torna teu rosto.
E depois de uma piscadela as abre de novo

E quando as cruza com as minhas
Não há nada que passe ao meu lado
Que me faça ficar tão extasiado
Acho que é esse teu olhar apaixonado
Que me deixa assim, louco por elas
Essas suas lindas e doces janelas.

Autor
Carlos Marcos Faustino
01/01/2015-quinta-feira -18h30





Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.