quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Pássaros no ventilador

Pássaros no ventilador

Talvez um jogo de amor,
Aquele casal apaixonado,
Naquela linda manhã,
Voando pra todo lado.
.

Meus passos cadenciados,
Suor,canção,energia
Poucas pessoas no salão,
Naquela “esteira” de academia.
,
Pássaros em algazarra,
seria farra de crianças?
Tal e qual: outra opção,
Prefiro a primeira impressão;
 Mas sobressalta de repente,
Mais triste meu coração.

La pras bandas da janela,
Pássaros no ventilador,
Chegaram tão apressados,
Um deles não teve a sorte,
Vento, muito sangue, Morte,
 E penas esvoaçantes,
Tem piedade Senhor!!


Um corpo preso na grade,
E o outro num canto de dor,
Chorava ainda por perto,
 A perda do seu amor.


Autor
Carlos Marcos Faustino
09/10/2014- Sexta Feira- 23h29







Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.