terça-feira, 9 de setembro de 2014

Ai que saudades do trem




A imagem pode conter: trem e atividades ao ar livre
                                  
Ai que saudades do trem



Ai que saudades do trem. Do trem das sete, do trem da nove,  Do trem que nos levava pra escola, do trem que nos levava pra lá e pra cá. Quantas idas, quantas voltas, desde pequeno, quando minha mãe inda me sentava na mesa da sala pra calçar  as meias e os sapatos. Depois seguíamos de mãos dadas para a estação.  Aquele apito me fascinava, aquele balanço, aquilo tudo que passava naquelas antigas caminhadas.O vendedor de revistas " Revistas, revistas, revistas, Cruzeiro , Manchete,, Capricho, Ilusão, Noturno". O vendedor de bebidas e sanduiches " Olha a cerveja, guarana , biscoitos, sanduiche", ia tilintando a chave  no carrinho enquanto percorria o corredor. Ai que saudades do trem. O mesmo trem que um dia me levou para a capital, quando precisei sair de casa para trabalhar e estudar. Hoje nem a estação está mais lá. O trem também partiu pra sempre , pra algum lugar , lá pro canto dos nossos sonhos, lá pro recanto de nossas saudades"



Autor
Carlos Marcos Faustino
09/09/2014- Terça feira -19h42m

24 comentários:

  1. Clarice Marqueis 👏👏👏👏
    24de agosto de 2017 às 13:42

    ResponderExcluir
  2. Antonio Carlos Coutinho
    Que lembrança maravilhosa quantas viagens até Quintana para rever os grandes amigos trocaria tudo por essas viagens porque estaria aí com meus queridos e permanentes amigos um grande abraço
    24 de agosto de 2017 às 13:44

    ResponderExcluir
  3. Marilu Vedoveto
    Nossa Carlos como da Saudades!
    24 de agosto de 2017 às 13:45

    ResponderExcluir
  4. Luisa Kimiko Gondo
    Muita saudade!
    24 de agosto de 2017 às 13:46

    ResponderExcluir
  5. Lenir Gasparini
    SAUDADES
    24 de agosto de 2017 às 13:47

    ResponderExcluir
  6. Laura Prado Fogolin
    Carlos esse era o trem de luxo....
    24 de agosto de 2017 às 13:47

    ResponderExcluir
  7. Maria Umbelina Pacheco Lima
    HUM SAIU ATE LAGRIMAS, ERA MEU XODO. IA PRA TODO LADOS HUM!!
    24 de agosto de 2017 às 13:47

    ResponderExcluir
  8. Lenir Gasparini
    Vc. viajava pra trabalhar em Adamantia todos os dias. na Ag.
    24 de agosto de 2017 às 13:50

    ResponderExcluir
  9. Telma Bianchi
    Saudades mesmo.Parabéns pelo poema.
    24 de agosto de 2017 às 13:50

    ResponderExcluir
  10. Maria Conceição Gava Barreto
    Saudades sem fim...
    24 de agosto de 2017 às 14:50

    ResponderExcluir
  11. Solange Delgado Chiaradia
    Saudades imensa...dá até uma dorzinha em meu coração...me faz lembrar tantas indas e vindas a SP com minha māe.😰
    24 de agosto de 2017 às 14:52

    ResponderExcluir
  12. Claudia Figueiredo
    Adriano Alves De Aquino Araújo...lembrei de você!!
    24 de agosto de 2017 às 15:52

    ResponderExcluir
  13. Maria Lucia Gimenes
    Me lembro, quando ainda muito pequena, ouvia o barulho dele passando debaixo do pontilhão. Mais tarde , saiamos, meu irmão e eu com a Jabiraca para pegar passageiros na estação. Ele, cobrador, eu, sua assistente kkkk.
    24 de agosto de 2017 às 19:48

    ResponderExcluir
  14. Marlene Andreassa
    Marlene Andreassa Trem de luxo , amigos,boas lembranças. ..Saudades!
    24 de agosto de 2017 às 19:48

    ResponderExcluir
  15. Percides Sanchez
    Saudades
    24 de agosto de 2017 às 19:57

    ResponderExcluir
  16. Regina Risardi
    Saudades tenho eu,toda vez que vejo um trem lembro-me do meu pai que era chefe de Estação aqui em Parapua e eu via os trens e viajava neles. Das.
    24 de agosto de 2017 às 22:00

    ResponderExcluir
  17. Regina Risardi
    Adoro ver comentários sobre trens no Facebook.
    24 de agosto de 2017 às 22:01

    ResponderExcluir
  18. Eliza Perico
    Que saudades! Eu era feliz e nao sabia ..kkkkkkkkkk
    24 de agosto de 2017 às 22:10

    ResponderExcluir
  19. Marta Zammataro
    Marta Zammataro Me bateu uma grande saudade.☹️
    24 de agosto de 2017 às 22:59

    ResponderExcluir
  20. Waldemira Seffrin
    Mas agora é só saudades
    25 de agosto de 2017 às 00:26

    ResponderExcluir
  21. Antonio Cocurulli
    A minha saudade é tão grande como a sua. Acho que devo acrescentar um pouco mais, pois fui ferroviário, durante 5 anos, na Cia. Paulista, no início de minha vida profissional.
    25 de agosto de 2017 às 02:10

    ResponderExcluir
  22. Adelia Akemi Yokota
    Saudades
    25 de agosto de 2017 as 14:00

    ResponderExcluir
  23. Roseli Lopes
    Muitas histórias, sentimentos envolvidos, correria, saudade. ..Lindo demais sua descritiva! Poeta nato!
    25 de agosto de 2017 às 17:oo

    ResponderExcluir
  24. Roseli Lopes Muitas histórias, sentimentos envolvidos, correria, saudade. ..Lindo demais sua descritiva! Poeta nato!
    25 de agosto de 2017 às 17:20

    ResponderExcluir

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.