quinta-feira, 19 de junho de 2014

Nem só a Jabuticabeira



A imagem pode conter: planta, comida e atividades ao ar livre
Nem só a jabuticabeira

Falam-me de vocês, a jabuticabeira,
As romãs vermelhas no pé dependuradas,
O cheiro do pé de arruda, a casa calada,
E vem nas minhas saudades o eco dos risos,
Os antigos almoços, os churrascos, as doces palavras.

Falam-me de vocês, o limoeiro, o pé de laranja,
As plantas todas que povoam o quintal,
A cadeira vazia na varanda, os pardais, as pombas,
A ausência das roupas que ficavam estendidas no varal.

Falam-me de vocês, as janelas agora fechadas,
As folhas verdes, as folhas secas caídas,
As musicas do Roberto que aos domingos o radio tocava,
Os xaropes pra tosse, as garrafadas, as canjicas.

As saudades todas, nossas conversas, risadas,
Falam-me de vocês, toda esta vida compartilhada,
E eu sei, nem caberia tudo aqui nestes versos,
O tamanho de nosso amor, do nosso afeto.

Autor
Carlos Marcos Faustino
18/06/2014- Quarta Feira- 14h50m




11 comentários:

  1. MariDa Inês Arena
    Muito lindo e real !! Saudades de tudo isso!!!

    ResponderExcluir
  2. Gilberto Feliciano de Oliveira
    Muito linda a poesia.
    01 de abril de 2017 às 00:23

    ResponderExcluir
  3. Joice Arena Arena
    Uma bela lembrança de uma ótima infâncias
    Em 01 de abril de 2017 às 00:54

    Tania Maria Gimenes Brochini
    Tania Maria Gimenes Brochini Muito lindo, suas lembranças em poesia. E essa jabuticabeira, tinha também?
    01 de abril de 2017 às 001:54


    Dida Tóffoli
    Dida Tóffoli Qto uma jabuticabeira pode expressar
    01 de abril de 2017 às 11:55

    Rosa Paula Gomes
    Rosa Paula Gomes Em Tupa morei em uma casa q tinha 3 pés de jabuticaba e ficavam c os troncos carregadissimos de frutas. A casa era na Av. Tamoios lá embaixo. Faz um tempinho já. Tinha tbm pés de outras frutas.
    Suas poesias nos traz lindas lembranças da infância. Parabéns
    01 de abril de 2017 às 12:59

    ResponderExcluir
  4. Maria Umbelina Pacheco Lima
    HAM UM PÉ DE JABOTICABS TRAZ MUITAS LEMBRANÇAS COMEÇEI A SUSPIRAR É MUITAS LEMBRANÇAS E SAUDADES AMIGO CARLOS !!
    01 de abril de 2017 às 18:25

    Marilu Vedoveto
    Marilu Vedoveto Como sempre linda poesia Parabéns!
    01 de abril de 2017 às 18:25

    ResponderExcluir
  5. Marilu Vedoveto
    Lindo
    24 de janeiro de 2018 às 11:40

    ResponderExcluir
  6. Maria Umbelina Pacheco
    AMEI SAUDADES
    Gerenciar
    24 de janeiro de 2018 às 13:30

    ResponderExcluir
  7. Vera Cristina Fagundes
    Delícia
    Gerenciar
    24 de janeiro de 2018 às 14:24

    ResponderExcluir
  8. Maria Conceição Gava Barreto
    Saudade do quintal cheio de frutas... Forno com pães quentinho... Caldeirões de curau... E tantas outras...
    85 de janeiro de 2018 AS 22:30

    ResponderExcluir
  9. Maria Célia Fernandes
    Saudades de tudo isso e muito mais.!Parabéns amigo
    26 de janeiro de 2018 às 18:56

    ResponderExcluir

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.