quarta-feira, 25 de junho de 2014

Êxtase ou Agonia

      
Êxtase ou Agonia

“Coisa estranha,  logo cedo a alma viaja sem medo, uma experiência amena,
Divaga feito uma pena ao sabor do vento, isso sem contar aquela melodia,
Ouvida de fundo, tal qual trilha sonora,  embelezando este momento”,
E leve neste voo sonâmbulo, segue e quase nunca se apercebe,
Se é realidade, se é sonho, até se encontrar desperto,
Lutar numa força sobre-humana pra abrir os olhos,  emitir um sussurro,
Pra que alguém ouça e o traga de volta do lado de cá deste muro,
Onde a vida brinca de te fazer um personagem dando-lhe o texto,
Sempre um novo capítulo desenhado quase nem sempre por ti desejado,
E te cabe nada mais que seguir a trajetória por mais que te seja ilusória,
Por mais que te machuque ou que te arranque lá do mais fundo,
Um grito de dor ou revolta, um desejo enorme de desertar deste mundo,
E  num êxtase voltar a ser energia, só pra depois retornar refeito desta agonia.


Autor
Carlos Marcos Faustino
15/06/2014- Domingo – 20h48m


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.