quarta-feira, 7 de maio de 2014

Protagonista

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Protagonista

Feito uma locomotiva,
Segue a vida meio aos trancos,
Em seu embalo vão tantos,
De uma forma gradativa,
Alguns de forma agressiva;
Todos são protagonistas,
Seus papéis seguem à risca,
Mas no descerrar do pano,
Ao adentrar outros planos,
Não deixarão qualquer pista.

Não deixarão qualquer pista,
Apenas suposições,
Pra acalentar corações;
 De saudades, uma lista,
Senão não há quem resista,
Esperar pelo momento,
De mesmo em pensamento,
Reencontrar os nossos entes,
Quando a alma dormente,
Ficar por conta do vento.

Autor
Carlos Marcos Faustino
07/05/2014-Quarta Feira-15h10m



3 comentários:

  1. Marcos Samuel Costa
    Lindo o movimento da tua poesia
    22 de julho de 2015 às 00:07

    Carlos Marcos Faustino
    Carlos Marcos Faustino Obrigado amigo poeta!
    22 de julho de 2015 às 08:27

    ResponderExcluir
  2. Roseli Lopes
    É desse jeito mesmo. ...Lindo!
    21 de julho de 2017 às 15:17

    ResponderExcluir
  3. Tania Maria Gimenes Brochini
    É o trem da vida! Muito bonito visto do seu jeito poético!
    21 de julho de 2017 às 22:17

    ResponderExcluir

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.