terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Hoje tem poesia

Hoje tem poesia

Hoje tem poesia ,
Tem poesia pra todos,
Versos diversos, com rimas ou  sem,
Cada um produzindo de acordo,
Com o que vem, com o que transborda,
Com o que brota da alma,
Em momentos às vezes loucos,
Talvez um sonho, talvez uma cena,
Uma chuva amena, uma tempestade,
Um dor disfarçada de saudade.

Tem versos pra todos,
Quantas sementes brotam dia a  dia,
Quanta beleza que  se guarda,.
Neste celeiro de poesia;
Tem poesia pra todos,
Abra o coração Dona Maria,

Hoje tem poesia,
Na banca da feira, pertinho da esquina,
No olhar de quem passa, no andar da menina,
No latido do cão, no aperto de mãos,
No abraço, no cansaço, no suor,
Nas nuvens que se  desenham no céu,
no papel e nas calçadas,
Nas emoções mais caladas de todos os poetas


Autor
Carlos Marcos Faustino
28/01/2014-Terça feira -20h15m

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.