terça-feira, 17 de setembro de 2013

Crê

Crê

Crê
O mundo inteiro que vês por ai,
Pessoas que esqueceram  de sorrir,
Sem motivos pra viver,

Crê
A vida pode até lhes parecer,
Difícil, mas depende de você,
Ajuda-las a vencer,

Crê
Tudo pode mudar com  teu amor
Levar aos lares a esperança e a cor,
De um viver  bem  melhor,

Crê
Não é demais abrir teu coração,
E repartir carinho, afeto e pão,
Sem  nada em troca exigir,

Vencer
O amor vencer o  mal que há por aí
Tristezas vão deixar de existir,
O mundo todo em coro vai dizer,

Viver
Sentindo tanto amor e  emoção,
A  vida tem sentido meu  irmão,
Crê vale a pena viver.

Crê
Um abraço, um riso  amigo no perdão,
Deixar a mágoa ir do coração,
Pra  nunca mais existir,

Crê
A vida passa  sem se  perceber,
E uma parcela espera de você
Que é não viver  por viver,

Viver
E o amor vencer o mal  que há por aí
Tristezas nunca mais hão de existir,
O mundo espera  muito de você.


Autor
Carlos Marcos Faustino
2008  -Coral Musica e Paz-Tupã
,



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.