domingo, 4 de agosto de 2013

Impossível amor


Nenhum texto alternativo automático disponível.
Impossível  amor

“O impossível amor é como  uma chama que arde, inflama,”
Guarda em seu interior uma profunda dor lasciva,
Risos  de alegria pra sempre de malas prontas em despedida,
Acenam, voam  e a alma fica completamente à deriva,
Na vida do ser eternamente se abre uma dolorida saudade,
Deus conforta e com o passar do tempo nova porta  se abre,
E assim  supre-se a ausência com novo amor que se conquista.

Ainda que sepultado, perdido completamente nos idos do passado,
Mesmo que deste amor há tempos não se tenha nem notícia,
O seu perfume  baila  em certas canções, despertando emoções,
Retratos  únicos que nos acompanham por toda a vida.

Dizem que amores impossíveis são aqueles mais inesquecíveis,
Aqueles que mesmo não correspondidos, deixam-nos sentimentos tão  bonitos .

Mesmo nos jardins onde  a estação das flores  já se  foi embora,
Inda  resta alguma pétala, algum resquício de tudo , alguma nova semente,
Nascendo  a cada dia no calor da luz do sol;   é a vida que segue em frente,
Homens como plantas, renascem  também  a cada  aurora,
Ainda que  por vezes   entre risos  ,  são lagrimas de saudades que  rolam.

Vão-se  vivendo assim entre estrofes verso a verso,  rima  a  rima,
Inspirados  deixam aflorar  nos seus poemas sentimentos esquecidos  ,
Deixam-se levar pelos embalos das canções que vem aos  seus  ouvidos,
Acalentar  a alma  ao recordar  um grande amor, um amor impossível.

Autor
Carlos Marcos Faustino
04/08/2013- Domingo -21h04m

14 comentários:

  1. Flávio Albuquerque
    Lindo acróstico GRANDE AMOR DA MINHA VIDA Carlos Marcos Faustino
    21 de agosto de 2017 às 13:53

    ResponderExcluir
  2. Maria Umbelina Pacheco Lima
    HUM MEXEU NO ESCONDIDINHO DE MUITA GENTE. AMEI !
    21 de agosto de 2017 às 14:37

    ResponderExcluir
  3. Christina Castello Branco Augusto
    Linda poesia!!!! E quem é que não teve um amor impossível???
    21 de agosto de 2017 às 17:29

    ResponderExcluir
  4. Maria Célia Fernandes
    Muito lindo amigo!!!
    Viajei no tempo!!
    Revivi tristezas e alegrias...
    21 de agosto de 2017 às 18:00

    ResponderExcluir
  5. Rita Zuim Lavoyer
    Rita Zuim Lavoyer Parabéns, Carlos Marcos Faustino. Sua veia poética sempre em evidência. 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏💐💐💐💐💐💐💐💐💐💐💐💐🌸
    21 de agosto de 2017 às 18:07

    ResponderExcluir
  6. Diva Pacanaro
    Faz o coração acelerar.
    21 de agosto de 2017 às 18:26

    ResponderExcluir
  7. Rosa Paula Gomes
    Linda. Parabéns Carlos Marcos Faustino. Sempre bem inspirado. 👏👏👏👏👏👏
    21 de agosto de 2017 às 18:27

    ResponderExcluir
  8. Marineves Jesus de Lima
    Parabéns meu amigo! Parabéns meu irmão!
    21 de agosto dew 2017 às 18:55

    ResponderExcluir
  9. Maria Lucia Gimenes
    Fui sempre apaixonada. Quando adolescente adorava me apaixonar, geralmente eram amores impossíveis. Tinha uma confidente, já morta, que sabia de todas, hoje me lembro e acho muito engraçado, naquela época fazia falta um terapeuta em Parapuã kkkk.
    21 de agosto de 2017 às 19:00

    ResponderExcluir
  10. Antonio Carlos Coutinho
    Simplesmente fantástico parabéns meu amigo
    21 de agosto de 2017 às 20:27

    ResponderExcluir
  11. Maria Conceição Gava Barreto
    Maria Conceição Gava Barreto Parabéns... Linda d++++
    21 de agosto de 2017 às 21:10

    ResponderExcluir
  12. Marlene Andreassa
    Voltei no tempo.Saudades...Parabéns amigo !
    21 de agosto de 2017 às 21:49

    ResponderExcluir
  13. Sandra Gimenes Menabó
    Que acróstico maravilhoso! Viajei ,voltei na minha adolescência.Parabéns!
    23 de agosto de 2017 às 22:27

    ResponderExcluir

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.