terça-feira, 9 de abril de 2013

Fases

                                     
Fases
 
Pedaços vão ficando pelos caminhos,
Fases  que medem a nossa    e resistência,
Dá-se um passo  perde-se a consciência,
E segue-se num constante desalinho.
 
Das mãos que esperaste compreensão e rumo,
Ficaste órfão e por conta de tua própria sorte,
Afinal  quiçá nem mesmo  te anseia a morte,
Visto  que nem os vermes te querem pra consumo.
 
Mas vai, quem sabe, alguém  te siga os passos,
Pra recolher  de ti os  teus pedaços,
Pra te entregar quando houver rompido as fases,
E te abraçar cobrindo de amor e beijos tuas faces.
 
 
Autor
Carlos Marcos Faustino
09/04/2013- Terça feira – 14h27m

 

2 comentários:

  1. Tania Maria Gimenes Brochini
    Linda
    09 de abril de 2017 às 14:48

    ResponderExcluir

  2. Valter Hernandez
    Valter Hernandez Linda.
    10 de abril de 2017 às 16:50

    ResponderExcluir

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.