domingo, 24 de março de 2013

Trilhos ou Teias


Trilhos do trem (visualização)
 Trilhos ou Teias 
 Caminhos às vezes  são como trilhos ou teias,
Emaranham-se aos olhos,  cruzam-se  alheios,
Enganam-nos  quando aparentemente se estampam,
Certeiros  como o sangue  segue adiante nas veias.


Mas quando  tropeços  cerceiam e abalam tuas crenças,
Levanta, prossegue confiante, talvez estejas num atalho,
Talvez  tenhas escolhido este desvio por algum ato falho,
Mas que no final te fará chegar integro à Divina presença.


Faze sempre o bem,  esteja sempre em paz com tua consciência,
Rompe sempre com sorriso, da vida todos os empecilhos,
Sejam os teus olhos, dos teus rumos  sempre   a doce candeia,


Porque nada do que  te ocorre na vida  é simples coincidência,
Às vezes pra testar tua capacidade de escolhas é que surgem os trilhos,
E pra exerceres o seu livre  arbítrio é que surgem as teias.


Autor
Carlos Marcos Faustino
24/03/2013- Domingo- 22h23m

2 comentários:

  1. Pois é..."nada é coincidência, Às vezes pra testar tua capacidade de escolhas é que surgem os trilhos,
    E pra exerceres o seu livre arbítrio é que surgem as teias."
    Magnífico!!!Parabéns!

    ResponderExcluir

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.