terça-feira, 12 de março de 2013

Tributo a nossa Tupã


A imagem pode conter: atividades ao ar livre
Tributo  a nossa  Tupã
Tupã, quando a noite vem e te abraça,
Todas as tuas luzes acesas como se fora um céu de estrelas,
Refletem mais e mais a tua  beleza,
E por tuas ruas carros e pessoas se entrelaçam,
 E deixam   em tuas esquinas  por onde passam,
Sonhos que  acalentam os planos  de seus passos.
Tupã, cidade que habita eternamente nas saudades,
Nos corações de quem já se aconchegou no teu seio,
De quem quando volta e divisa seus primeiros traços,
E que  já vai com ansiedade  te estendendo os braços
Tupã, que dia a  dia  a luz do sol inunda   e desperta,
Que se levanta  e segue adiante com fé e confiança,
Que se enfeita toda no ir e vir  diário  das pessoas,
Nas expressões felizes, sorrisos e outras coisas boas,
És dos nossos corações  a eterna chama que nos inflama.
Autor
Carlos Marcos Faustino
13/03/2013- Quarta feira – 01h13

2 comentários:

  1. Tupã
    é uma cidade abençoada. Que as autoridades daí reconheçam a sua homenagem, dando a você os devidos créditos.

    ResponderExcluir
  2. Com certeza Rita,tem toda razão. Tupã é mesmo abençoada por poder contar com pessoas abençoadas que a amam. Como nosso amigo poeta, Carlos Marcos.

    ResponderExcluir

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.