segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Quisera meu Deus, quisera!


 
Quisera meu Deus, quisera!
 
Quisera  um eterno domingo ,
eu ora com roupa de missa
Ou talvez roupa de culto,
Com uma paz de dar Medo
A quem quisesse só guerra,
Com  sol, com chuva e goteiras,
Com abraços , brincadeiras,
Quem dera meu Deus! , quem dera!
 
Um domingo eterno e lindo,
Com amigos, com amores,
Só pra matar as saudades,
Que estiver nos arredores,
Só pra jogar dificuldades,
Pelas janelas ao vento,
Eternizar bons momentos,
 E plantar felicidades.
 
 
Quisera meu Deus!, quisera!
Uma eterna primavera,
Muitas flores nas janelas,
Neste domingo abençoado,
Que não houvesse mais dores.
Meu Deus que só de amores.
Fosse povoada a Terra;
 
Autor: Carlos Marcos Faustino
18/02/2013- Segunda feira - 19h32m

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.