terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Percepções do tempo



Percepções do tempo
 
Às vezes por entre pedras e flores,
Num misto dos meus sorrisos e dores,
Sigo no ritmo de todas as minhas horas,
Como se o ultimo suspiro fosse agora.
 
Um agora que se eternizando dia a dia,
Traz o futuro pro presente a todo instante,
E que me acrescenta anos mesmo à revelia,
Estampando traços do tempo em meu semblante.
 
E o despertar do sono dos meus dias,
Talvez me encontre sem que eu tenha  acordado,
Num desses “ hojes”   onde  levam-me os passos,
 
Talvez num  momento em que eu haja esquecido,
De perdoar-me por  todos os meus atos   indecisos,
 E de ofertar meu amor, meu perdão, meu abraço.
 
 
Autor
Carlos Marcos Faustino
15/01/2013- Terça feira – 11h39m

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.