quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Ventania




Ventania  
 
Abrir janelas , jogar por elas nossos pedaços,
Mágoas, tristezas, soltar no espaço,
Pra ventania levar nos seus rodamoinhos
Junto com a folhas todas dos caminhos,
 
Deixar  o rosto exposto n aquele vento,
Pra que ele aspire todos os tormentos,
Pra que purifique e deixe caminho aberto
Pro sorriso, arma mais eficaz neste momento.
 
E se dos olhos, gotas rolarem face afora,
Mistas aos pingos de chuva que caem indo embora
Serão por certo as derradeiras lagrimas,
 
Pois ventania na sua  dança colorida,
Unida a   chuva numa sinfonia mágica,
Vão te despir de tristeza e te cobrir de alegrias .
 
Autor
Carlos Marcos Faustino
Quinta  feira-08/11/2012- 17h41m

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.