terça-feira, 2 de outubro de 2012

Cumplicidade


 

 
Cumplicidade




Hoje eu resolvi romper o meu silêncio
E encarar eu mesmo essa aventura
Pois sei que as verdades, mesmos as mais duras,
Servem demais ao nosso crescimento.
 
Se a juventude foi e te deixou no sonho,
Do sonho colhas as mais lindas venturas,
Mesmo desperto, velho não serás por certo,
Enquanto em ti houver essa mistura.
 
Realidade e sonho em total cumplicidade,
Entrelaçados vão escrever pra sempre
Em tuas rugas rastros de felicidade.
 
E em teu sorriso com muita paz e verdade,
Refletirás amor mesmo que nele habite
Saudade e sonho em real simplicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.