domingo, 7 de outubro de 2012

Anos Dourados


Anos dourados
 
Uma canção na vitrola, um amor no coração
Os pés  no chão, num vai e vem , num compasso
E um tímido suor nas mãos, os olhos fechados
E só nos dois, um sonho que ficou no passado
 
Como eram mágicos aqueles anos dourados
Na rua ainda ouço o eco dos seus passos
O balançar dos seus cabelos, seu riso estampado
Quando me dizia “Oi” ao passar ao meu lado
 
Hoje és apenas uma fotografia que me espia
Quando busco no álbum das saudades
Os meus amores,  as minhas  amizades
 
Mas este amor criança que cresceu comigo
Que habitou todos os  cômodos da minha mocidade
Hoje talvez nem  mais se existo sabe.
 
 

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.