sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Milagre

                                               http://www.camarabrasileira.com/apol94-012.htm
Carlos Marcos Faustino
Tupã / SP
 

Milagre
 

Estende as tuas mãos, oh, Deus de venturas!
Retira-me deste poço de amarguras
Mostra-me o caminho pra que eu leve meus passos
Sempre envolvido pelo calor dos teus braços

Se eu fraquejar ao me sentir tão perdido
Despertai-me Senhor ao ouvir meu grito
Atendei este meu humilde apelo
Libertando-me deste terrível pesadelo

Já nem sei pra onde esta vida me conduz
Pois do mel todo que a tudo revestia
Ficou um acre sabor, uma ausência de luz

Por isso que te peço um milagre neste dia
Conceda-me a graça da salvação, Oh Jesus!
Afastai-me da agonia, devolvei-me o riso d'alegria.



Um comentário:

  1. De: Beto Acioli - Recife -PE
    Para: Carlos Marcos Faustino - Tupã- SP
    Expresso minha gratidão a Carlos Marcos Faustino - Tupã- SP pelo comentário generoso e aproveito para parabenizar-lhe pelos sonetos publicados nesta mesma obra.
    Abraço!

    http://www.camarabrasileira.com/interatividade.htm

    ResponderExcluir

LICENÇA - Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada

Licença Creative Commons
Todos os textos de Carlos Marcos Faustino, bem como de demais autores postados no Blog de Faustino Entreletras é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.
Baseado no trabalho em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.
Perssões além do escopo dessa licença podem estar disponível em http://faustinopoeta.blogspot.com.br/.